quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

FERNANDO PESSOA

Tenho um tédio antecipado das páginas desconhecidas. Sou capaz de ler só o que já conheço.

ADIAMENTO - Fernando Pessoa

Depois de amanhã, sim, só depois de amanhã…
Levarei amanhã a pensar em depois de amanhã,
E assim será possível; mas hoje não…
Não, hoje nada: hoje não posso,
A persistência confusa da minha subjetividade objetiva,
O sono da minha vida real, intercalado,
O cansaço antecipado e infinito,
Um cansaço de mundos para apanhar um elétrico …
Este espécie de alma…
Só depois de amanhã…
Hoje quero preparar-me,
Quero preparar-me para pensar no dia seguinte …
Ele é que é decisivo.
Tenho já o plano traçado; mas não, hoje não traço planos…
Amanhã é o dia dos planos.
Amanhã sentar-me-ei à secretária para conquistar o mundo;
Mas só conquistarei o mundo depois de amanhã…
Tenho vontade de chorar,
Tenho vontade de chorar muito de repente, de dentro…

Não, não queiram saber mais nada, é segredo, não digo.
Só depois de amanhã…
Quando era criança o circo de domingo divertia-se toda a semana.

Hoje só me diverte o circo de domingo de toda a semana da
minha infância…
Depois de amanhã serei outro,
A minha vida triunfar-se-á,
Todas a minhas qualidades reais de inteligente, lido e prático
Serão convocadas por um edital…
Mas por um edital de amanhã…
Hoje quero dormir, redigirei amanhã…
Por hoje, qual é o espetáculo que me repetiria a infância?
Mesmo para eu comprar os bilhetes amanhã,
Que depois de amanhã é que está bem o espetáculo…
Antes, não…
Depois de amanhã terei a pose pública que amanhã estudarei,
Depois de amanhã serei finalmente o que hoje não posso
nunca ser.
Só depois de amanhã…
Tenho sono como o frio de um cão vadio,
Tenho muito sono.
Amanhã te direi as palavras, ou depois de amanhã…
Sim talvez só depois de amanhã…

O porvir…
Sim, o porvir….

Fernando Pessoa

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Vila Velha - ES

Conselhos saudáveis de Harvard e Cambridge



As universidades de Harvard e Cambridge publicaram recentemente um compêndio com 20 conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual

1- um copo de suco de laranja diariamente para aumentar o ferro e repor a vitamina C.

2- salpicar canela no café (mantém baixo o colesterol e estáveis os níveis de açúcar no sangue).

3-trocar o pãozinho tradicional pelo pão integral que tem quase 4 vezes mais fibra, 3 vezes mais zinco e quase 2 vezes mais ferro que tem o pão branco.
4- mastigar os vegetais por mais tempo.
Isto aumenta a quantidade de químicos anticancerígenos liberados no corpo.
Mastigar libera sinigrina. Quanto menos se cozinham os vegetais, melhor efeito preventivo têm.
5- adotar a regra dos 80%: servir-se menos 20% da comidaque ia ingerir evita transtornos gastrintestinais, prolonga a vida e reduz o risco de diabetes e ataques de coração.
6- o futuro está na laranja, que reduz em 30% o risco de câncer de pulmão.
7- fazer refeições coloridas como o arco-íris.
Comer uma variedade de vermelho, laranja, amarelo, verde, roxo e branco em frutas e vegetais, cria uma melhor mistura de antioxidantes, vitaminas e minerais.
8- comer pizza. Mas escolha as de massa fininha.
O Licopene, um antioxidante dos tomates pode inibir e ainda reverter o crescimento dos tumores; e ademais é melhor absorvido pelo corpo quando os tomates estão em molhos para massas ou para pizza.
9- limpar sua escova de dentes e trocá-la regularmente.
As escovas podem espalhar gripes e resfriados e outros germes. Assim, é recomendado lavá-las com água quente pelo menos quatro vezes à semana (aproveite o banho no chuveiro), sobretudo após doenças quando devem ser mantidas separadas de outras escovas.

10-realizar atividades que estimulem a mente e fortaleçam sua memória.
Faça alguns testes ou quebra-cabeças, palavras-cruzadas, aprenda um idioma, alguma habilidade nova ... Leia um livro e memorize parágrafos.
11- usar fio dental e não mastigar chicletes.
Acreditem ou não, uma pesquisa deu como resultado que as pessoas que mastigam chicletes têm mais possibilidade de sofrer de arteriosclerose, pois tem os vasos sanguíneos mais estreitos, o que pode preceder a um ataque do coração. Usar fio dental pode acrescentar seis anos a sua idade biológica porque remove as bactérias que atacam aos dentes e o corpo.
12- rir.
Uma boa gargalhada é um 'mini-workout', um pequeno exercício físico: 100 a 200 gargalhadas equivalem a 10 minutos de corrida. Baixa o estresse e acorda células naturais de defesa e os anticorpos.
13-não descascar com antecipação.
Os vegetais ou frutas, sempre frescos, devem ser cortados e descascados na hora em que forem consumidos. Isso aumenta os níveis de nutrientes contra o câncer.
14- ligar para seus parentes/pais de vez em quando.
Um estudo da Faculdade de Medicina de Harvard concluiu que 91% das pessoas que não mantém um laço afetivo com seus entes queridos, particularmente com a mãe, desenvolvem alta pressão, alcoolismo ou doenças cardíacas em idade temporã.

15- desfrutar de uma xícara de chá.
O chá comum contém menos níveis de antioxidantes que o chá verde, e beber só uma xícara diária desta infusão diminui o risco de doenças coronárias.
Cientistas israelenses também concluíram que beber chá aumenta a sobrevida depois de ataques ao coração.
16- ter um animal de estimação.
As pessoas que não têm animais domésticos sofrem mais de estresse e visitam o médico regularmente, dizem os cientistas da Cambridge University. Os mascotes fazem você sentir se otimista, relaxado e isso baixa a pressão do sangue. Os cães são os melhores , mas até um peixinho dourado pode causar um bom resultado.
17- colocar tomate ou verdura frescas no sanduíche.
Uma porção de tomate por dia baixa o risco de doença coronária em 30%, segundo cientistas da Harvard Medical School.
18- reorganizar a geladeira.
As verduras em qualquer lugar de sua geladeira perdem substâncias nutritivas, porque a luz artificial do equipamento destrói os flavonóides que combatem o câncer que todo vegetal tem. Por isso é melhor usar á área reservada a ela, aquela caixa bem embaixo.
19- comer como um passarinho.
A semente de girassol e as sementes de sésamo nas saladas e cereais são
nutrientes e antioxidantes. E comer nozes entre as refeições reduz o risco de diabetes.
20- e, por último, um mix de pequenas dicas para alongar a vida:

-comer chocolate.
Duas barras por semana estendem um ano a vida. O amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.

- pensar positivamente .
Pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que os pessimistas que, ademais, pegam gripes e resfriados mais facilmente.
- ser sociável.
Pessoas com fortes laços sociais ou redes de amigos têm vidas mais saudáveis que as pessoas solitárias ou que só têm contato com a família.

- conhecer a si mesmo.
Os verdadeiros crentes e aqueles que priorizam o 'ser' sobre o 'ter' têm 35% de probabilidade de viver mais tempo.

Uma vez incorporados, os conselhos, facilmente tornam-se hábitos...

É exatamente o que diz uma certa frase de Sêneca:

'Escolha a melhor forma de viver e o costume a tornará agradável'!

domingo, 23 de novembro de 2008

Metade - Oswaldo Montenegro - Lindíssimo!!!!!!!!!

Metade

Oswaldo Montenegro

Composição: Oswaldo Montenegro

Que a força do medo que tenho
Não me impeça de ver o que anseio.

Que a morte de tudo em que acredito
Não me tape os ouvidos e a boca
Porque metade de mim é o que eu grito
Mas a outra metade é silêncio.

Que a música que ouço ao longe
Seja linda ainda que tristeza
Que a mulher que eu amo seja pra sempre amada
Mesmo que distante
Porque metade de mim é partida
Mas a outra metade é saudade.

Que as palavras que eu falo
Não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor
Apenas respeitadas
Como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos
Porque metade de mim é o que ouço
Mas a outra metade é o que calo.

Que essa minha vontade de ir embora
Se transforme na calma e na paz que eu mereço
Que essa tensão que me corrói por dentro
Seja um dia recompensada
Porque metade de mim é o que eu penso e a outra metade é um vulcão.

Que o medo da solidão se afaste, que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável.

Que o espelho reflita em meu rosto um doce sorriso
Que eu me lembro ter dado na infância
Por que metade de mim é a lembrança do que fui
Mas a outra metade eu não sei.

Que não seja preciso mais do que uma simples alegria
Pra me fazer aquietar o espírito
E que o teu silêncio me fale cada vez mais
Porque metade de mim é abrigo
Mas a outra metade é cansaço.

Que a arte nos aponte uma resposta
Mesmo que ela não saiba
E que ninguém a tente complicar
Porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer
Porque metade de mim é a platéia
A outra metade é a canção.

E que a minha loucura seja perdoada
Porque metade de mim é amor
E a outra metade também.

METADE DE MIM

O Teatro Mágico
Composição: Fernando Anitelli


"O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"


Enquanto houver você do outro lado
Aqui do outro eu consigo me orientar
A cena repete a cena se inverte
Enchendo a minh'alma d'aquilo que outrora eu deixei de acreditar


Tua palavra, tua história
Tua verdade fazendo escola
E tua ausência fazendo silêncio em todo lugar


Metade de mim
Agora é assim
De um lado a poesia, o verbo, a saudade
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só


Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
Só enquanto eu respirar

Índios Cherokees


Você conhece a lenda do rito de passagem da juventude dos índios Cherokees?

O pai leva o filho para a floresta durante o final da tarde, venda-lhe os olhos e deixa-o sozinho.
O filho se senta sozinho no topo de uma montanha toda a noite e não pode remover a venda atos raios do sol brilharem no dia seguinte.
Ele não pode gritar por socorro para ninguém.
Se ele passar a noite toda lá, será considerado um homem.
Ele não pode contar a experiência aos outros meninos porque cada um deve tornar-se homem do seu próprio modo, enfrentando o medo do desconhecido.
O menino está naturalmente amedrontado.
Ele pode ouvir toda espécie de barulho.
Os animais selvagens podem, naturalmente, estar ao redor dele.
Talvez alguns humanos possam feri-lo.
Os insetos e cobras podem vir picá-lo.
Ele pode estar com frio, fome e sede.
O vento sopra a grama e a terra sacode os tocos, mas ele se senta estoicamente, nunca removendo a venda.
Segundo os Cherokees, este é o único modo dele se tornar um homem.
Finalmente...
Após a noite horrível, o sol aparece e a venda é removida.
Ele então descobre seu pai sentado na montanha perto dele.
Ele estava a noite inteira protegendo seu filho do perigo.

Nós também nunca estamos sozinhos!

Mesmo quando não percebemos Deus está
olhando para nós, 'sentado ao nosso lado'.

Quando os problemas vêm, tudo que temos a
fazer é confiar que ELE está nos protegendo.

E evite tirar a sua venda antes do
amanhecer...

terça-feira, 18 de novembro de 2008

Mostra Brennand - Palacio das Artes

PÊSSEGO - MANOEL DE BARROS - GENIAL!!!!!!!!!!

Que esse deus nu de códigos adora fazer calda de nós...

E quantos sentidos mais há de escaldar?

PÊSSEGO

Proust
Só de ouvir a voz de Albertine entrava em orgasmo. Se diz que:
O olhar de voyeur tem condições de phalo (possui o que vê).
Mas é pelo tato
Que a Ponte do amor se abre.
Apalpar desabrocha o talo.
O tato é mais que o ver
É mais que o ouvir
É mais que o cheirar.
É pelo beijo que o amor se edifica.
É no calor da boca
Que o alarme da alma grita.
E se abre docemente
Como um pêssego de Deus.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

COM O TEMPO.......... MARIO QUINTANA

Com o tempo...

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz
com uma outra pessoa, você precisa, em
primeiro lugar, não precisar dela.

Percebe também que aquele(a) que você ama
(ou acha que ama), e que não quer nada com você,
definitivamente não é a pessoa da sua vida.

Você aprende a gostar de você,
a cuidar de você e, principalmente,
a gostar de quem também gosta de você.

O segredo é não correr atrás das borboletas...
é cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas,
você vai achar não quem você estava procurando,
mas quem estava procurando por você!

Mário Quintana

quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Cristo Redentor , braços abertos.......

A Lua que não dei

A Lua que não dei

Compreendo pais - e me encanto com eles - que desejariam dar o
mundo de presente aos filhos. E, no entanto, abomino os que, a cada
fim de semana, dão tudo o que filhos lhes pedem nos shoppings onde
exercitam arremedos de paternidade. E não há paradoxo nisso. Dar o
mundo é sentir-se um pouco como Deus, que é essa a condição de um pai.
Dar futilidades como barganha de amor é, penso eu, renunciar ao sagrado.

Volto a narrar, por me parecer apropriado à croniqueta, o que me
aconteceu ao ser pai pela primeira vez. Lá se vão, pois, 45 anos.
Deslumbrado de paixão, eu olhava a menina no berço, via-a sugando os
seios da mãe, esperneando na banheira, dormindo como anjo de carne. E,
então, eu me prometia, prometendo-lhe: 'Dar-lhe-ei o mundo, meu amor.'
E não lho dei. E foi o que me salvou do egoísmo, da tola pretensão e
da estupidez de confundir valores materiais com morais e espirituais.

Não dei o mundo à minha filha, mas ela quis a Lua. E não me esqueço
de como ela pediu, a Lua, há anos já tão distantes. Eu a carregava nos
braços, pequenina e apenas balbuciante, andando na calçada de nosso
quarteirão, em tempos mais amenos, quando as pessoas conversavam às
portas das casas.

Com ela junto ao peito, sentia-me o mais feliz homem do mundo,
andando, cantarolando cantigas de ninar em plena calçada. Pois é a
plenitude da felicidade um homem jovem poder carregar um filho como se
acariciando as próprias entranhas. Minha filha era eu e eu era ela. Um
pai é, sim, um pequeno Deus, o criador. E seu filho, a criatura bem
amada.

E foi, então, que conheci a impotência e os limites humanos. Pois a
filhinha - a quem eu prometera o mundo - ergueu os bracinhos para o
alto e começou a quase gritar, assanhada, deslumbrada: 'Dá, dá, dá...'
Ela descobrira a Lua e a queria para si, como ursinho de pelúcia, uma
luminosa bola de brincar. Diante da magia do céu enfeitado de estrelas
e de luar, minha filha me pediu a Lua e eu não lha pude dar.

A certeza de meus limites permitiu, porém, criar um pacto entre pai
e filhos: se eles quisessem o impossível, fossem em busca dele. Eu
lhes dera a vida, asas de voar, diretrizes, crença no amor e,
portanto, estímulo aos grandes sonhos. E o sonho da primogênita
começou a acontecer, num simbolismo que, ainda hoje, me amolece o
coração. Pois, ainda adolescente, lá se foi ela embora, querendo
estudar no Exterior. Vi-a embarcar, a alma sangrando-me de saudade, a
voz profética de Kalil Gibran em sussurros de consolo:

'Vossos filhos não são vossos filhos, mas são os filhos e as filhas
da ânsia da vida por si mesma. Eles vêm através de vós, mas não de
nós.. E embora vivam convosco, não vos pertencem. (...) Vós sois os
arcos dos quais vossos filhos são arremessados como flechas vivas.'
Foi o que vivi, quando o avião decolou, minha criança a bordo. No
céu, havia uma Lua enorme, imensa. A certeza da separação foi
dilacerante. Minha filha fôra buscar a Lua que eu não lhe dera.

E eu precisava conviver com a coerência do que transmitira aos
filhos: 'O lar não é o lugar de se ficar, mas para onde voltar.'

Que os filhos sejam preparados para irem-se, com a certeza de ter
para onde voltar quando o cansaço, a derrota ou o desânimo inevitáveis
lhes machucarem a alma. Ao ver o avião, como num filme de Spielberg,
sombrear a Lua, levando-me a filha querida, o salgado das lágrimas se
transformou em doçura de conforto com Kalil Gibran: como pai, não
dando o mundo nem Lua aos filhos, me senti arqueiro e arco,
arremessando a flecha viva em direção ao mistério.

Ora, mesmo sendo avós, temos, sim e ainda, filhos a criar, pois
família é uma tribo em construção permanente. Pais envelhecem, filhos
crescem, dão-nos netos e isso é a construção, o centro do mundo onde a
obra da criação se renova sem nunca completar-se. De guerreiros que
foram, pais se tornam pajés. E mães, curandeiras de alma e de corpo. É
quando a tribo se fortalece com conselheiros, sábios que conhecem os
mistérios da grande arquitetura familiar, com régua, esquadro,
compasso e fio de prumo. E com palmatória moral para ensinar o óbvio:
se o dever premia, o erro cobra.

Escrevo, pois, de angústias, acho que angústias de pajé, de índio
velho. A nossa construção está ruindo, pois feita em areia movediça. É
minúsculo o mundo que pais querem dar aos filhos: o dos shoppings. E
não há mais crianças e adolescentes desejando a Lua como brinquedo ou
como conquista. Sem sonhos, os tetos são baixos e o infinito pode ser
comprado em lojas. Sem sonhos, não há necessidade de arqueiros
arremessando flechas vivas.
Na construção familiar, temos erguido paredes. Mas, dentro delas,
haverá gente de verdade?

Cecílio Elias Netto é escritor e jornalista.

Profile da Tatiana !

Não faço questão de ter uma imagem de puritana, nem tampouco de travessa. Minha vida é repleta de momentos com seus altos e baixos. Só quem merece conhece o melhor de mim. Quanto aos outros, basta lamentar. Deixo o passado para trás, vivo intensamente o presente e o futuro à Deus pertence. Cresci, amadureci, mudei e hoje só tenho a agradecer à quem me fez chorar, pois foi no sufoco de cada lágrima que aprendi onde errei e na alegria de cada sorriso que mostro como eu me tornei feliz. Que me digam que sou isso, ou aquilo e eu retornarei com um sorriso estampado no rosto. Deus me deu a oportunidade única de ser feliz de verdade e eu não vou desperdiçar essa chance dando importância à coisas tão banais. Um lado de mim, é criança, um outro lado, mulher. São poucas as pessoas que realmente considero, mas são elas que conhecem cada pedacinho de mim e as únicas capazes de entender cada lado do meu ser. Então, faça por merecer minha amizade, ou no mínimo, meu coleguismo, pois uma vez pisando no meu calo, perdeu sua chance.

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Verdadeiros amigos deixarão pegadas no seu coração

Muitas pessoas irão entrar e sair da sua vida
mas somente verdadeiros amigos deixarão pegadas no seu
coração.

Para lidar consigo mesmo, use a cabeça,
para lidar como os outros, use o coração,
raiva é a única palavra de perigo.

Se alguém te traiu uma vez, a culpa é dele;
Se alguém te trai duas vezes, a culpa é sua.

Quem perde dinheiro, perde muito,
Quem perde um amigo, perde mais.
Quem perde a fé, perde tudo.

Jovens bonitos são acidentes da natureza:
Velhos bonitos são obras de arte.

Aprenda também com o erro dos outros,
você não vive tempo suficiente para cometer
todos os erros.

Amigos você e eu...
Você trouxe outro amigo...
Agora somos três...
Nós começamos um grupo...

Nosso círculo de amigos...
E como um círculo,
não tem começo nem fim...

Ontem é história:
Amanhã é mistério,
Hoje uma dádiva,

É por isso que é chamado presente...

terça-feira, 21 de outubro de 2008

No sem fim de mim...Naufragâncias de auroras...A lançar a jangada do sonho.....

O oboé sopra um sonho
Na ostra da noite
Mar de açoites
Arrebenta as paredes do tempo
E me leva ao fundo
Do silêncio por trás da música...
Notas molhadas de sussurros
Ecoam da epiderme
Claves de sol_ saliva _ suor
Na partitura dos lençóis
Na transpiração dos segundos...
Um arrepio estremece
A distância entre dois pontos
Paralelas tornam-se espir_ais!
Malabarismos de desejos astrais...

Teus olhos enchem a lua
Crescente em meus afluentes
Líquidos_ lúbricos_ líricos
Oníricos amantes
Nos braços da santa azul
A embalar o espumante
Sentimento...
Chanson d'amour
De_ lira o instrumento
Na dança das horas...
Poros expelem lavas
Vesúvios clan_destinos
Rompem a ostra
Ondas engolem a pérola
No rastro de tua lín(a)guardente
A embriagar a noite e suas torrentes
A mergulhar no (a)mar de_mente...

Seria doce morrer assim...
Naufragâncias de auroras
Cor de rosa
Doce mar de Caymmi
A lançar a jangada do sonho
No sem fim de mim...

(Raiblue)

sábado, 11 de outubro de 2008

PARA QUEM AMA O TEMPO É ETERNIDADE!

O QUE É IMPORTANTE NÃO MUDA

Tenha sempre em mente que a pele enruga, o cabelo
embranquece e os dias convertem-se em anos...
Mas o que é importante não muda.
A sua força e convicção não tem idade.
O seu espírito é como qualquer teia de aranha.
Atrás de cada linha de chegada há sempre uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
Enquanto estiver vivo, sinta-se vivo...
Se sentir saudade do que fazia, volte a fazer.
Não viva de fotografias amareladas...
Continue quando todos esperam que desista.
Não deixe que enferruge o ferro que existe em você.
Faça com que em vez de pena, tenham respeito por você.
Quando não conseguir correr através dos anos, caminhe!
Quando não conseguir caminhar, use uma bengala...
Mas nunca se deixe deter...

(Madre Teresa de Calcutá)

sábado, 4 de outubro de 2008

A vingança do rato

Viva Feliz!

A ARTE DE NÃO ADOECER

(Dom Orlando Brandes)

1. Se quiser adoecer - "Não fale seus sentimentos".

Emoções e sentimentos que são escondidos, reprimidos, acabam em doenças como gastrite, úlcera, dores lombares, dor na coluna. Com o tempo a repressão dos sentimentos degenera até em coisa pior. Então vamos desabafar, confidenciar, partilhar nossa intimidade, nossos segredos, nossos pecados. O diálogo, a fala , a palavra, é um poderoso remédio e excelente terapia.

2. Se quiser adoecer - "Não tome decisão".

A pessoa indecisa permanece na dúvida, na ansiedade, na angústia. A indecisão acumula problemas, preocupações, agressões. A história humana é feita de decisões. Para decidir, é preciso saber renunciar, saber perder vantagem e valores para ganhar outros. As pessoas indecisas são vítimas de doenças nervosas, gástricas e problemas de pele.

3. Se quiser adoecer - "Não busque as soluções".

As pessoas negativas não enxergam soluções e aumentam os problemas. Preferem a lamentação, a murmuração, o pessimismo. Melhor é acender o fósforo que lamentar a escuridão. Pequena é a abelha, mas produz o que de mais doce existe. Somos o que pensamos. O pensamento negativo gera energia negativa que se transforma em doença.

4. Se alguém quiser adoecer - "Viva de aparências".

Quem esconde a realidade, finge, faz pose, quer sempre dar a impressão que está bem, quer mostrar-se perfeito, bonzinho, etc., está acumulando toneladas de peso. É uma estátua de bronze, mas com pés de barro. Nada pior para a saúde que viver de aparências e fachadas. São pessoas com muito verniz e pouca raiz. Seu destino é a farmácia, o hospital, a dor.

5. Se quiser adoecer - "Não se aceite".

A rejeição de si próprio, a baixa estima, faz com que sejamos algozes de nós mesmos. Ser eu mesmo é o núcleo de uma vida saudável. Os que não se aceitam são invejosos, ciumentos, imitadores, competitivos, destruidores. Aceitar-se, aceitar ser aceito, aceitar as críticas, é sabedoria, bom senso e terapia.

6. Se quiser adoecer - "Não seja honesto"

O mentiroso e desonesto precisa mentir para sobreviver. Vende uma imagem falsa, camufla seu "eu real", é um fugitivo da luz e amante das trevas. A falta de transparência é um pacto com a corrupção. Pessoas assim vivem sob a ameaça, o medo, o trambique, a falsidade, a insônia, o pesadelo. São candidatos à doença, porque já vivem na insanidade mental e ética.

7. Se quiser adoecer - "Não confie".

Quem não confia, não se comunica, não se abre, não se relaciona, não cria liames profundos, não sabe fazer amizades verdadeiras. Sem confiança, não há relacionamento. A desconfiança é falta de fé em si, nos outros e em Deus. Quem desconfia do médico, prejudica a cura. Quem desconfia do psicólogo, nunca se abre, só pode adoecer.

8. Se quiser adoecer - "Viva sempre triste".

O bom humor, a risada, o lazer, a alegria, recuperam a saúde e trazem vida longa. A pessoa alegre tem o dom de alegrar o ambiente em que vive. "O bom humor nos salva das mãos do doutor". Alegria é saúde e terapia.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

Non, je ne regrette rien - Edith Piaf

Non, je ne regrette rien



Non, rien de rien
Non, je ne regrette rien
Ni le bien qu'on m'a fait
Ni le mal
Tout ça m'est bien égal


Non, rien de rien
Non, je ne regrette rien
C'est payé
Balayé
Oublié
Je me fous du passé
Avec mes souvenirs
J'ai allumé le feu
Mes chagrins, mes plaisirs
Je n'ai plus besoin d'eux
Balayés les amours
Avec leur trémolo
Balayé pour toujours
Je repars à zéro

Non, rien de rien
Non, je ne regrette rien
Ni le bien qu'on m'a fait
Ni le mal
Tout ça m'est bien égal

Non, rien de rien
Non, je ne regrette rien
Car ma vie
Car mes joies
Aujourd'hui
Ça commence avec toi



Não, absolutamente nada
Não, eu não lamento nada
Nem o bem que me fizeram
Nem o mal
Isso tudo me é indiferente

Não, absolutamente nada
Não, eu não lamento nada
Está pago
Varrido
Esquecido
Dane-se o passado
Com minhas lembranças
Acendi o fogo
Minhas mágoas, meus prazeres
Não preciso mais deles
Com todos os seus tremores
Varridos para sempre
Vou recomeçar do zero

Não, absolutamente nada
Não, eu não lamento nada
Nem o bem que me fizeram
Nem o mal
Isso tudo me é indiferente

Não, absolutamente nada
Não, eu não lamento nada
Pois minha vida
Pois minhas alegrias
Hoje
Isso tudo começa com você

sábado, 27 de setembro de 2008

GIVE ME LOVE - George Harrison

Give me love
Give me love
Give me peace on earth
Give me light
Give me life
Keep me free from birth
Give me hope
Help me cope, with this heavy load
Trying to, touch and reach you with,
heart and soul

OM M M M M M M M M M M M M M
M M M My Lord . . .

PLEASE take hold of my hand, that
I might understand you

Won't you please
Oh won't you

Give me love
Give me love
Give me peace on earth
Give me light
Give me life
Keep me free from birth
Give me hope
Help me cope, with this heavy load
Trying to, touch and reach you with,
heart and soul

OM M M M M M M M M M M M M M
M M M My Lord . . .

PLEASE take hold of my hand, that
I might understand you


domingo, 21 de setembro de 2008

Fé e Esperança - WW - 1945

Montanha - Roberto e Erasmo

Eu vou gritar para o mundo me ouvir e acompanhar

Toda a minha escalada e ajudar
A mostrar como é
O meu grito de amor e de fé

Eu vou pedir que as estrelas não parem de brilhar
E as crianças não deixem de sorrir
E que os homens jamais
Se esqueçam de agradecer

Por mais que eu sofra
Obrigado, Senhor, mesmo que eu chore
Obrigado, Senhor, por eu saber
Que tudo isso me mostra
O caminho que leva a Você

Mais uma vez
Obrigado, Senhor, por outro dia
Obrigado, Senhor, que o sol nasceu
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Por isso eu digo
Obrigado, Senhor, pelas estrelas
Obrigado, Senhor, pelo sorriso
Obrigado, Senhor
Agradeço, obrigado, Senhor

Mais uma vez
Obrigado, Senhor, por um novo dia
Obrigado, Senhor, pela esperança

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

SE VOCÊ TEM FÉ, NÃO EXISTE PROBLEMA!!!!!!!!! PROCURAI O REINO DE DEUS E SUA JUSTIÇA E TODAS AS COISAS TE SERAM DADAS POR ACRÉSCIMO!

Adélia Prado

LÁGRIMAS E TORMENTOS É UM P.O.E.M.A DA ADÉLIA PRADO E TAMBÉM LETRA DA MÚSICA CANTADA PELA MARIZA MONTE ......

E ESTA É BOA PARA LEMBRAR TODOS OS DIAS:

...um ditado tibetano diz que se um problema é grande demais, não pense nele e se ele é pequeno demais, pra quê pensar nele.

......Eu digo " SE VOCÊ TEM FÉ, NÃO EXISTE PROBLEMA"!!!!!!!!!

Lagrimas e Tormentos - Marisa Monte - show!

Lágrimas, tormentos
Quantas desilusões
Foram tantos sofrimentos e decepções
Mas um dia o destino a tudo modificou

Minhas lágrimas secaram
Meus tormentos terminaram
Foi uma nuvem que passou

Minhas lágrimas secaram
Meus tormentos terminaram
Foi uma nuvem que passou

E hoje a minha vida é um carrossel de alegrias
E como se não bastasse, estou amando de verdade
Me perdoa se eu me excedo em minha euforia
Mas é que agora sei o que é felicidade
Me perdoa se eu me excedo em minha euforia
Mas é que agora sei o que é felicidade

sábado, 13 de setembro de 2008

RICHARD GERE! WOW!!!!!!!!!!

Rubem Alves!!!!! CENA!

“É mais fácil amar o retrato. Eu já disse que o que se ama é a ‘cena’. ‘Cena’ é um quadro belo e comovente que existe na alma antes de qualquer experiência amorosa. A busca amorosa é a busca da pessoa que, se achada, irá completar a cena. Antes de te conhecer eu já te amava.... E então, inesperadamente, nos encontramos com o rosto que já conhecíamos antes de o conhecer. E somos então possuídos pela certeza absoluta de haver encontrado o que procurávamos. A cena está completa. Estamos apaixonados”


"Todo jardim começa com uma história de amor, antes que qualquer árvore seja plantada ou um lago construído é preciso que eles tenham nascido dentro da alma.
Quem não planta jardim por dentro, não planta jardins por fora e nem passeia por eles."

"Deus é alegria. Uma criança é alegria. Deus e uma criança têm isso em comum: ambos sabem que o universo é uma caixa de brinquedos. Deus vê o mundo com os olhos de uma criança.Está sempre à procura de companheiros para brincar."

"Todas as palavras tomadas literalmente são falsas. A verdade mora no silêncio que existe em volta das palavras. Prestar atenção ao que não foi dito, ler as entrelinhas. A atenção flutua: toca as palavras sem ser por elas enfeitiçada. Cuidado com a sedução da clareza! Cuidado com o engano do óbvio!"

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

THE GIRL WITH A PEARL EARRING - Vermmer

VIOLÊNCIA PSICOLÓGICA!

A violência psicológica consiste em um comportamento agressivo não-físico, que rejeita, deprecia ou desrespeita a vítima. É a mais silenciosa entre as formas de violência e não deixa marcas visíveis, por isso, é a mais difícil de ser descoberta e a menos comentada pela mídia, segundo a psicóloga e psicoterapeuta familiar Cláudia Moraes.

As psicólogas, com base nesse entendimento, destacam a importância de identificar as violências sutis que ainda se encontram em estágio embrionário.

E dados das Delegacias de Defesa da Mulher (DDM) do Estado de São Paulo mostram que a segunda maior queixa é o crime de ameaça, tipo de violência psicológica que amedronta e inquieta a vítima.


A violência psicológica, emocional ou moral é muitas vezes "sutil" isto é, leve, mansa, hábil, mesmo assim, não deixa de ser "violência" e abala o emocional da mulher.

Conseqüências

Em adultos - de acordo com a diretora do Instituto Brasileiro de Advocacia Pública, Mônica de Melo - ansiedade, depressão, disfunções sexuais e transtornos de alimentação já foram relatados por especialistas.

Segundo Luciane, Elza e Sandra, por não deixar marcas físicas, a violência psicológica dificilmente é percebida. Os insultos, a humilhação e a desvalorização do indivíduo são alguns dos exemplos. A vergonha e o medo - o agressor, na meioria das vezes, faz ameaças - calam a vítima. Mas, uma vez que o caso seja descoberto, a pessoa agredida precisará de cuidado terapêutico e do apoio dos que estão mais próximos.

O FANTASMA DA ÓPERA

VIOLÊNCIA IDEOLÓGICA!

Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem;
pisam as flores, matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia, o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E... já não podemos dizer nada.

(De Eduardo Alves da Costa) -
Atribuído a Bertolt Brecht e Vladimir Maiakóvski

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Fiódor Dostoiévski em O Sonho de um homem ridículo

...É que agora vejo tudo isso claro como o dia, mas escutem: quem é que não se desencaminha? E no entanto todos seguem em direção a uma única e mesma coisa.... do mais sábio ao último dos bandidos, só que por caminhos diferentes....

Eu vi a verdade, eu vi e sei que as pessoas podem ser belas e felizes, sem perder a capacidade de viver na terra. Não quero e não posso acreditar que o mal seja o estado normal dos homens.

E eles ,ora, continuam rindo dessa minha fé....... A imagem daquilo que vi vai estar sempre comigo e sempre vai me corrigir e me dirigir. Ah, eu estou cheio de ânimo, eu estou novo em folha, eu vou seguir, vou seguir, ainda por mais mil anos!.....

Mas como instaurar o paraíso – isso eu não sei, porque não sou capaz de transmitir isso em palavras. Depois do meu sonho , perdi as palavras.....

E digo mais: não importa, não importa que isso nunca se realize e que não haja o paraíso ( já isso eu entendo!).... E no entanto é tão simples: num dia qualquer, numa hora qualquer – tudo se acertaria de uma vez só! O principal é – ame aos outros como a si mesmo, eis o principal, só isso, não é preciso nem mais nem menos: imediatamente você vai descobrir o modo de se acertar. E no entanto isso é só – uma velha verdade, repetida e lida um bilhão de vezes, e mesmo assim ela não pegou! Basta que todos queiram e tudo se acerta agora mesmo.

sexta-feira, 29 de agosto de 2008

"Carpe Diem "

Carpe Diem - Rubem Alves

"Carpe Diem" quer dizer "colha o dia". Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

Rubem Alves

domingo, 24 de agosto de 2008

A MAFALDA TEM TODA RAZÃO!!!!!!!!!!!!! UAI!

Paciência ( Jabor)

Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados...

Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.

Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas "trabalhadoras do cais", e o bem comportado executivo... "O cavalheiro" se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar!

Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma "mala sem alça".

Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma tortura, a escola uma chatice.

O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.

Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado...

Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso do Jabor e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.

A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.

Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" - onde ele quer chegar?

Qual é a finalidade de sua vida?

Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.

E você?

Onde você quer chegar?

Está correndo tanto para que?

Por quem?

Seu coração vai agüentar?

Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?

A empresa que você trabalha vai acabar?

As pessoas que você ama vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?

Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...


NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...

SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Escultura de Victor Hugo por Rodin (Dois Gênios!!!)

Victor Hugo - Genial!!!!!!!!

Victor-Marie Hugo (Besançon, 26 de fevereiro de 1802Paris, 22 de maio de 1885) foi um escritor e poeta francês de grande atuação política em seu país. É autor de Les Misérables , sua melhor peça e de Notre-Dame de Paris, entre diversas outras obras.
Criado por sua mãe no espírito da monarquia, acaba por se convencer, pouco a pouco, do interesse da democracia ("Cresci", escreve num poema onde se justifica). A sua idéia é que "onde o conhecimento está apenas num homem, a monarquia se impõe." "Onde está num grupo de homens, deve fazer lugar à aristocracia. E quando todos têm acesso às luzes do saber, então vem o tempo da democracia".

A partir de 1849, Victor Hugo dedica um quarto da sua obra à política, um quarto à religião e outro à Filosofia humana e social. Se o pensamento de Victor Hugo pode parecer complexo e às vezes contraditório, não se pode dizer que seja monoteísta.

Reformista, deseja mudar a sociedade mas não mudar de sociedade. Se ele justifica o enriquecimento, denuncia violentamente a desigualdade social. É contra os ricos que capitalizam os seus lucros sem reinjetá-los na produção. A elite burguesa jamais o perdoará por isso.

Denunciando até o fim a segregação social, Hugo declara durante a última reunião pública que preside: "A questão social perdura. Ela é terrível, mas é simples: é a questão dos que têm e dos que não têm!".

fonte wikipédia

É preciso ser muito inspirado pra dizer tudo em poucas palavras..... by Victor Hugo

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você sesentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
Eque pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga `Isso é meu`,
Só para que fique bem claro quem é o dono dequem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar esofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
Eque se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.

domingo, 17 de agosto de 2008

O Idiota (em russo org: Идиот) é um livro escrito em Florença entre 1867 e 1868, durante quatro meses, por Fiódor Dostoiévski.

O Idiota - Fiódor Dostoiévski.

  • O Idiota (em russo org: Идиот) é um livro escrito em Florença entre 1867 e 1868, durante quatro meses, por Fiódor Dostoiévski.

    Foi bem recebido pelos críticos da época. O escritor inspirou-se em Dom Quixote para escrever essa obra, visto a similaridade do protagonista príncipe Míchkin com o protagonista do romance de Cervantes. A obra foi publicada em 1869.


  • Príncipe Lev Nikoláevitch Míchkin (o idiota) – É o protagonista desta história.

Visto que o mundo contém todo o tipo de espíritos entre o bem e o mal, e, se num extremo pode-se encontrar pessoas abomináveis, infames, corruptas e mais uma quantidade de adjectivos que caracterizam a perversidade, então poderemos ter a certeza de encontrar o príncipe Míchkin sentado no trono no extremo oposto a esta perversidade. Tal como o autor do livro, Míchkin é um doente que sofre de epilepsia, mas não é com certeza por padecer desta condição, o motivo que o fez viver completamente privado de poder racional; o seu apurado senso comum é que o dispensa de necessitar dessa racionalidade que lhe está em falta para poder fazer juízos de valor. Em compensação, é pejado de uma grande generosidade, benevolência e, consequentemente, de muita ingenuidade. No entanto, mesmo acarinhado e bem tratado por todos, embora até sendo visto como um coitadinho devido à sua bondade, não se consegue livrar da chacota e das alfinetadas que frequentemente lhe atiram, como é tão próprio serem lançadas por quem se aproveita da bondade de alguém que, erroneamente, a relacionam com algum tipo de pessoa fraca e débil. Nem suspeitam pois que, por ser conotado como um pateta, um idiota debaixo do olhar de toda a gente, o príncipe seja capaz de ser tão esperto que os restantes, quanto mais detentor de uma mente superior, possuindo um dom intuitivo, praticamente profético, capaz de deslindar a essência do espírito sob os rostos de quem o rodeia, o fundo das pessoas, ou seja, a verdadeira índole de cada um e avaliar na perfeição os seus atributos. Órfão de pais e sendo o último da linhagem dos Míchkin, a história começa quando ele retorna à Rússia para recolher uma herança deixada por um velho amigo e familiar de seu pai.

fonte wikipédia

sábado, 16 de agosto de 2008

O importante é que emoções eu vivi - RC

Quando eu estou aqui
Eu vivo esse momento lindo
Olhando pra você
E as mesmas emoções sentindo
São tantas já vividas
São momentos que eu não esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui

Amigos eu ganhei
Saudades eu senti, partindo
E às vezes eu deixei
Você me ver chorar, sorrindo

Sei tudo que o amor
É capaz de me dar
Eu sei já sofri
Mas não deixo de amar

Se chorei
Ou se sofri
O importante
É que emoções eu vivi

São tantas já vividas
São momentos que eu não esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui

Mas eu estou aqui
Vivendo esse momento lindo
De frente pra você
E as emoções se repetindo

Em paz com a vida
E o que ela me traz
Na fé que me faz
Otimista demais

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi

O importante é que diversões eu viviiiiiiiiiiiiiiiii........

video

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

IKEBANA - Faz parte do meu show, meu amorrrrrrrr!!!!!!!!!!

Olha o Arnaldo aí denovo genteeeeeeeeeee!!!!!!!!!

Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim.
Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
'-Ah, terminei o namoro...
-Nossa, estavam juntos há tanto tempo.....
-Cinco anos...que pena...acabou....
-é...não deu certo...'
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam.
Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... E se o beijo bate... Se joga... Se não bate... Mais um Martini, por favor... E vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar.... ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por pena.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós.
Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói.
Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração.....
Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse....
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... Ou se apaixonar... Ou se culpar....
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ?????'
Arnaldo Jabor

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Artesanato do Vale do Jequitinhonha - MG

Mulheres... Por que será?

O universo das mulheres é rico em diversidades. Naturalmente, elas são mais complexas que os homens. E isso é uma realidade também para eles. Por que será?
Histórias hilárias e impressionantes permeiam a atmosfera feminina. Mulheres fazendo compras escondidas dos maridos, loucuras para emagrecer, multi-tarefas diárias...

É difícil entender o porquê de as mulheres hidratarem os cotovelos, “enlouquecerem” diante de sapatos e bolsas, fazerem quatro coisas ao mesmo tempo...

Moda, consumo, homens, auto-estima, culpa, hormônios, estética, estresse e, claro, amor estão entre os temas sobre o comportamento do eu feminino contemporâneo.

As mulheres têm um jeito interessante de ver a vida, muito próprio; peculiar. É tudo muito intenso, interessante.

Não importa a idade: hoje, elas se permitem ser maduras, leves e felizes. Encontram beleza nas coisas simples da vida. Têm como ingrediente principal da vida o humor, a leveza de espírito. Olham para si mesmas e conseguem rir daquilo que vêem.
Manual de Instruções
Dizem por aí que "o chato das mulheres é não virem com manual de instruções". Estamos habituados a ter livros de instruções para quase tudo na vida, desde automóveis a televisores. O mundo é-nos apresentado como um mecanismo regido por regras racionais expostas em clarividentes manuais.

Para o homem tudo tem, ou devia ter, uma causa última que pode, e deve, ser explicada à luz da razão. Para ele o mundo é um eficiente mecanismo de relojoaria onde tudo é compreensível. Quando qualquer coisa falha, lá pega ele na sua “mala de ferramentas” à procura de reparar aquele parafuso solto ou a engrenagem mal oleada.


São compreensíveis as dúvidas que assolam a mente de muitos homens. O temperamento das mulheres, tão distinto do dos homens, não significa que haja algo de errado nelas. Não é por vontade própria que elas se comportam dessa forma complexa. Na verdade, elas pouco podem fazer contra isso. Não raras vezes elas confessam não perceberem porque ficam mais nervosas ou fora de si.

Algumas dessas atitudes têm uma origem genética ou hormonal, outras são explicadas por uma educação distorcida, a maioria por fatores sociais e culturais. Sejam quais forem as causas, a mulher é e será muito diferente do homem. Sobre a sua personalidade uma aura de mistério irá sempre pairar.

A melhor forma de se relacionar harmoniosamente com uma mulher é simplesmente aceitá-la. Sobretudo ame-a, mesmo nos dias em que os nervos estão à flor da pele. Saber ouvir é chave para se relacionar com uma mulher. Ouça e ajude, mas não tente explicar. A mulher tem uma capacidade muito maior de se ajustar ao parceiro que o homem. Se ela se sentir amada irá fazê-lo tão naturalmente como respirar.

Flávia Regina Gobbi von Randow

Mahatma Gandhi - Deixando um segredo....

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O POETINHA - VINÍCIUS DE MORAES

CARPE DIEM!!!!!!!!!!

Viva a vida

"Por muito tempo eu pensei que a minha
vida fosse se tornar uma vida de verdade.

Mas sempre havia um obstáculo no caminho,
algo a ser ultrapassado antes de começar a viver.
Um trabalho não terminado, uma conta a ser paga.
Aí sim, a vida de verdade começaria.

Por fim, cheguei a conclusão de que
esses obstáculos eram a minha vida de verdade.
Essa perspectiva tem me ajudado a ver que
não existe um caminho para a felicidade.
A felicidade é o caminho!

Assim, aproveite todos os momentos que você tem.
E aproveite-os mais se você tem alguém
especial para compartilhar,
especial o suficiente para passar seu tempo;
e lembre-se que o tempo não espera ninguém.

Portanto, pare de esperar até que você
termine a faculdade;
Até que você volte para a faculdade;
até que você perca 5 quilos;
até que você ganhe 5 quilos;
até que você tenha tido filhos;
até que seus filhos tenham saído de casa;
até que você se case; até que você se divorcie;

Até sexta à noite; até segunda de manhã;
até que você tenha comprado
um carro ou uma casa nova;
até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;
até o próximo verão, outono, inverno;
até que você esteja aposentado;
até que a sua música toque;
não há hora melhor para ser feliz
do que AGORA MESMO...

Lembre-se: Felicidade é uma viagem,
não um destino"

domingo, 10 de agosto de 2008

Flickr

This is a test post from flickr, a fancy photo sharing thing.

ITAMBÉ DO MATO DENTRO - MG - ESCULPIDA PELA DELICADEZA DAS ÁGUAS!

A suavidade, a delicadeza, são o amor expresso nas pequenas coisas

A suavidade consegue esculpir

O Mosteiro na margem do Rio Piedra está cercado por uma linda vegetação, verdadeiro oásis nos campos estéreis daquela parte da Espanha.
Ali, o pequeno rio transforma-se numa caudalosa corrente, e se divide em dezenas de cachoeiras.
Quem caminha por aquele lugar escuta a música das águas e encontra, de repente, uma gruta, debaixo de uma das quedas d´água.
Observando cuidadosamente as pedras gastas pelo tempo, as formas que a natureza cria com paciência, vê-se escrito numa placa, os seguintes versos de Rabindranath Tagore:
Não foi o martelo que deixou perfeitas estas pedras, mas a água, com sua doçura, sua dança, e sua canção.
Onde a dureza só faz destruir, a suavidade consegue esculpir.
* * *
A lição do poeta é de extrema profundidade.
Somente com suavidade, paciência e calma, conseguimos esculpir o nosso íntimo, realizando a reforma de nossas almas com o objetivo de encontrar felicidade.
Somente com suavidade, paciência e calma, conseguimos esculpir o nosso mundo, realizando sua modificação para melhor.
O martelo que destrói está nas críticas cruéis, nas palavras grosseiras que saem de nossas bocas e ferem a auto-estima das pessoas à nossa volta.
Enquanto a doçura da água está nos conselhos edificantes, na atenção e paciência com que ouvimos a alguém, nas palavras de estímulo, no elogio animador.
O martelo destruidor está no acúmulo da culpa em nosso coração, na auto-exigência desequilibrada, na falta de amor próprio.
A docilidade da água está na compreensão de nossas dificuldades, no auto-perdão, e na disposição constante para corrigir os nossos erros.
Em nossos dias, na análise de nosso comportamento, de nossas ações, lembremos sempre da delicadeza da água moldando as rochas através dos tempos.
Procuremos conquistar a paciência e a tranqüilidade, certos de que são virtudes dinâmicas, que nos fazem seres pacíficos.
Que as palavras do poeta indiano nos sirvam de guia, de inspiração:
Não foi o martelo que deixou perfeitas estas pedras, mas a água, com sua doçura, sua dança, e sua canção.
Onde a dureza só faz destruir, a suavidade consegue esculpir.
* * *
A suavidade, a delicadeza, são o amor expresso nas pequenas coisas, nos gestos aparentemente simples, mas que revelam nossa preocupação com o próximo.

autor desconhecido

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

No topo do Mundo - Serra da Moeda - MG

Aceite-se para ser feliz


A melhor maneira de impressionar alguém é ser autêntico e espontâneo diante dele.
Cada um de nós é um ser em construção; essa é uma grande diferença entre nós e todos os outros seres vivos.
Todos temos defeitos e qualidades, e os nossos limites não podem fazer com que deixemos de nos amar e valorizar. É uma grande sabedoria saber aceitar a si mesmo; quem não se aceita é porque carrega um refinado e escondido orgulho.



Talvez você não tenha instrução, boa saúde, dinheiro ou capacidade intelectual como gostaria. Talvez você se ache feio ou feia, não goste de sua família ou do seu trabalho, e fique desejando outras coisas que estão fora da sua realidade, isso não o deixa ver o seu valor. Todos nós nascemos com a capacidade de vencer e de ser felizes.
Quem não se aceita acaba se tornando rancoroso contra si mesmo, contra os outros, contra a vida e até contra Deus... E isso o leva à revolta, à autopiedade, e à depressão.
Pare de sonhar, pegue o material que você tem e comece a construir a sua casa, do jeito que for possível. É melhor morar num casebre do que ficar ao relento sonhando com o castelo.


Ninguém é perfeito; por isso, todos precisam se aceitar. Não olhe mais para o que os outros têm ou sabem, olhe para o que Deus deu a você e seja muito grato.

Não estou dizendo para você negar os seus limites; isso seria perigoso, pois não os elimina. Olhe-os com coragem, de frente, sem exagerá-los nem diminuí-los, e mude o que for possível. O que não pode ser mudado, aceite e ofereça a Deus. Você não é menos amado por Ele por causa de seus limites.

A partir da aceitação, toda a sua pobreza pode começar a se transformar em uma imensa riqueza. Comece agora a ver as suas qualidades; você as tem. Ser humilde é reconhecer a verdade sobre si mesmo.

Aceite-se também diante dos outros, não se sinta pequeno ou invejoso porque o seu colega tira notas melhores do que você, ou porque ele se destaca e você não. Não deixe a inveja aninhar-se no seu coração; lance-a fora, é um veneno.

Seja o que você é diante dos outros; não finja ser outra pessoa, e não fique paralisado diante deles por um complexo de inferioridade. A melhor maneira de impressionar alguém é ser autêntico e espontâneo diante dele. A personalidade é para o homem o que o perfume é para a flor, o que a luz e calor são para o sol.


Uma engrenagem pequena não é menos importante do que uma grande num jogo de engrenagens. Um tijolinho que falte em uma construção deixa um buraco na casa. Cada um é importante neste mundo para Deus.

Não fique imitando a vida dos outros; você é rico porque é único no universo; não se esqueça disso. O Pai lhe deu uma vida sob medida, e única, irrepetível; viva-a e desenvolva-a.

Se você se aceitar, os outros o aceitarão também. Não queira parecer o que você não é. Não tenha medo ou vergonha de ser você mesmo; e seja honesto em dizer: Eu não entendi isto, eu não sei fazer aquilo, etc...
e você ajudará os outros.

Saiba de uma coisa: os homens têm necessidade de ver pessoas que reconhecem os seus limites, para que tenham coragem de reconhecer também os seus. É nobre saber dizer: Eu não compreendo isso!

Enfim, os outros precisam de você como você é, como Deus o fez. Você é um exemplar único na História da Humanidade.


Trecho extraído do livro "Para ser feliz"

Por:Felipe Aquino