sexta-feira, 29 de agosto de 2008

"Carpe Diem "

Carpe Diem - Rubem Alves

"Carpe Diem" quer dizer "colha o dia". Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

Rubem Alves

domingo, 24 de agosto de 2008

A MAFALDA TEM TODA RAZÃO!!!!!!!!!!!!! UAI!

Paciência ( Jabor)

Ah! Se vendessem paciência nas farmácias e supermercados...

Muita gente iria gastar boa parte do salário nessa mercadoria tão rara hoje em dia.

Por muito pouco a madame que parece uma "lady" solta palavrões e berros que lembram as antigas "trabalhadoras do cais", e o bem comportado executivo... "O cavalheiro" se transforma numa "besta selvagem" no trânsito que ele mesmo ajuda a tumultuar!

Os filhos atrapalham, os idosos incomodam, a voz da vizinha é um tormento, o jeito do chefe é demais para sua cabeça, a esposa virou uma chata, o marido uma "mala sem alça".

Aquela velha amiga uma "alça sem mala", o emprego uma tortura, a escola uma chatice.

O cinema se arrasta, o teatro nem pensar, até o passeio virou novela.

Outro dia, vi um jovem reclamando que o banco dele pela internet estava demorando a dar o saldo, eu me lembrei da fila dos bancos e balancei a cabeça, inconformado...

Vi uma moça abrindo um e-mail com um texto maravilhoso do Jabor e ela deletou sem sequer ler o título, dizendo que era longo demais.

Pobres de nós, meninos e meninas sem paciência, sem tempo para a vida, sem tempo para Deus.

A paciência está em falta no mercado, e pelo jeito, a paciência sintética dos calmantes está cada vez mais em alta.

Pergunte para alguém, que você saiba que é "ansioso demais" - onde ele quer chegar?

Qual é a finalidade de sua vida?

Surpreenda-se com a falta de metas, com o vago de sua resposta.

E você?

Onde você quer chegar?

Está correndo tanto para que?

Por quem?

Seu coração vai agüentar?

Se você morrer hoje de infarto agudo do miocárdio o mundo vai parar?

A empresa que você trabalha vai acabar?

As pessoas que você ama vão parar?

Será que você conseguiu ler até aqui?

Respire... Acalme-se...

O mundo está apenas na sua primeira volta e, com certeza, no final do dia vai completar o seu giro ao redor do sol, com ou sem a sua paciência...


NÃO SOMOS SERES HUMANOS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL...

SOMOS SERES ESPIRITUAIS PASSANDO POR UMA EXPERIÊNCIA HUMANA...

quinta-feira, 21 de agosto de 2008

Escultura de Victor Hugo por Rodin (Dois Gênios!!!)

Victor Hugo - Genial!!!!!!!!

Victor-Marie Hugo (Besançon, 26 de fevereiro de 1802Paris, 22 de maio de 1885) foi um escritor e poeta francês de grande atuação política em seu país. É autor de Les Misérables , sua melhor peça e de Notre-Dame de Paris, entre diversas outras obras.
Criado por sua mãe no espírito da monarquia, acaba por se convencer, pouco a pouco, do interesse da democracia ("Cresci", escreve num poema onde se justifica). A sua idéia é que "onde o conhecimento está apenas num homem, a monarquia se impõe." "Onde está num grupo de homens, deve fazer lugar à aristocracia. E quando todos têm acesso às luzes do saber, então vem o tempo da democracia".

A partir de 1849, Victor Hugo dedica um quarto da sua obra à política, um quarto à religião e outro à Filosofia humana e social. Se o pensamento de Victor Hugo pode parecer complexo e às vezes contraditório, não se pode dizer que seja monoteísta.

Reformista, deseja mudar a sociedade mas não mudar de sociedade. Se ele justifica o enriquecimento, denuncia violentamente a desigualdade social. É contra os ricos que capitalizam os seus lucros sem reinjetá-los na produção. A elite burguesa jamais o perdoará por isso.

Denunciando até o fim a segregação social, Hugo declara durante a última reunião pública que preside: "A questão social perdura. Ela é terrível, mas é simples: é a questão dos que têm e dos que não têm!".

fonte wikipédia

É preciso ser muito inspirado pra dizer tudo em poucas palavras..... by Victor Hugo

Desejo primeiro que você ame,
E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.
Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconseqüentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.
Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.
Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.
Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.
Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.
Desejo que você descubra ,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.
Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você sesentirá bem por nada.
Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.
Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
Eque pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga `Isso é meu`,
Só para que fique bem claro quem é o dono dequem.
Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar esofrer sem se culpar.
Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
Eque se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar.

domingo, 17 de agosto de 2008

O Idiota (em russo org: Идиот) é um livro escrito em Florença entre 1867 e 1868, durante quatro meses, por Fiódor Dostoiévski.

O Idiota - Fiódor Dostoiévski.

  • O Idiota (em russo org: Идиот) é um livro escrito em Florença entre 1867 e 1868, durante quatro meses, por Fiódor Dostoiévski.

    Foi bem recebido pelos críticos da época. O escritor inspirou-se em Dom Quixote para escrever essa obra, visto a similaridade do protagonista príncipe Míchkin com o protagonista do romance de Cervantes. A obra foi publicada em 1869.


  • Príncipe Lev Nikoláevitch Míchkin (o idiota) – É o protagonista desta história.

Visto que o mundo contém todo o tipo de espíritos entre o bem e o mal, e, se num extremo pode-se encontrar pessoas abomináveis, infames, corruptas e mais uma quantidade de adjectivos que caracterizam a perversidade, então poderemos ter a certeza de encontrar o príncipe Míchkin sentado no trono no extremo oposto a esta perversidade. Tal como o autor do livro, Míchkin é um doente que sofre de epilepsia, mas não é com certeza por padecer desta condição, o motivo que o fez viver completamente privado de poder racional; o seu apurado senso comum é que o dispensa de necessitar dessa racionalidade que lhe está em falta para poder fazer juízos de valor. Em compensação, é pejado de uma grande generosidade, benevolência e, consequentemente, de muita ingenuidade. No entanto, mesmo acarinhado e bem tratado por todos, embora até sendo visto como um coitadinho devido à sua bondade, não se consegue livrar da chacota e das alfinetadas que frequentemente lhe atiram, como é tão próprio serem lançadas por quem se aproveita da bondade de alguém que, erroneamente, a relacionam com algum tipo de pessoa fraca e débil. Nem suspeitam pois que, por ser conotado como um pateta, um idiota debaixo do olhar de toda a gente, o príncipe seja capaz de ser tão esperto que os restantes, quanto mais detentor de uma mente superior, possuindo um dom intuitivo, praticamente profético, capaz de deslindar a essência do espírito sob os rostos de quem o rodeia, o fundo das pessoas, ou seja, a verdadeira índole de cada um e avaliar na perfeição os seus atributos. Órfão de pais e sendo o último da linhagem dos Míchkin, a história começa quando ele retorna à Rússia para recolher uma herança deixada por um velho amigo e familiar de seu pai.

fonte wikipédia

sábado, 16 de agosto de 2008

O importante é que emoções eu vivi - RC

Quando eu estou aqui
Eu vivo esse momento lindo
Olhando pra você
E as mesmas emoções sentindo
São tantas já vividas
São momentos que eu não esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui

Amigos eu ganhei
Saudades eu senti, partindo
E às vezes eu deixei
Você me ver chorar, sorrindo

Sei tudo que o amor
É capaz de me dar
Eu sei já sofri
Mas não deixo de amar

Se chorei
Ou se sofri
O importante
É que emoções eu vivi

São tantas já vividas
São momentos que eu não esqueci
Detalhes de uma vida
Histórias que eu contei aqui

Mas eu estou aqui
Vivendo esse momento lindo
De frente pra você
E as emoções se repetindo

Em paz com a vida
E o que ela me traz
Na fé que me faz
Otimista demais

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi

Se chorei
Ou se sorri
O importante
É que emoções eu vivi

O importante é que diversões eu viviiiiiiiiiiiiiiiii........

video

sexta-feira, 15 de agosto de 2008

IKEBANA - Faz parte do meu show, meu amorrrrrrrr!!!!!!!!!!

Olha o Arnaldo aí denovo genteeeeeeeeeee!!!!!!!!!

Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim.
Como tudo na vida.
Detesto quando escuto aquela conversa:
'-Ah, terminei o namoro...
-Nossa, estavam juntos há tanto tempo.....
-Cinco anos...que pena...acabou....
-é...não deu certo...'
Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam.
Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.
Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.
E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... E se o beijo bate... Se joga... Se não bate... Mais um Martini, por favor... E vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não brigue, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar.... ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.
Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?
O legal é alguém que está com você, só por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por pena.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós.
Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói.
Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração.....
Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.
E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse....
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
E nem todo sexo bom é para descartar... Ou se apaixonar... Ou se culpar....
Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ?????'
Arnaldo Jabor

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Artesanato do Vale do Jequitinhonha - MG

Mulheres... Por que será?

O universo das mulheres é rico em diversidades. Naturalmente, elas são mais complexas que os homens. E isso é uma realidade também para eles. Por que será?
Histórias hilárias e impressionantes permeiam a atmosfera feminina. Mulheres fazendo compras escondidas dos maridos, loucuras para emagrecer, multi-tarefas diárias...

É difícil entender o porquê de as mulheres hidratarem os cotovelos, “enlouquecerem” diante de sapatos e bolsas, fazerem quatro coisas ao mesmo tempo...

Moda, consumo, homens, auto-estima, culpa, hormônios, estética, estresse e, claro, amor estão entre os temas sobre o comportamento do eu feminino contemporâneo.

As mulheres têm um jeito interessante de ver a vida, muito próprio; peculiar. É tudo muito intenso, interessante.

Não importa a idade: hoje, elas se permitem ser maduras, leves e felizes. Encontram beleza nas coisas simples da vida. Têm como ingrediente principal da vida o humor, a leveza de espírito. Olham para si mesmas e conseguem rir daquilo que vêem.
Manual de Instruções
Dizem por aí que "o chato das mulheres é não virem com manual de instruções". Estamos habituados a ter livros de instruções para quase tudo na vida, desde automóveis a televisores. O mundo é-nos apresentado como um mecanismo regido por regras racionais expostas em clarividentes manuais.

Para o homem tudo tem, ou devia ter, uma causa última que pode, e deve, ser explicada à luz da razão. Para ele o mundo é um eficiente mecanismo de relojoaria onde tudo é compreensível. Quando qualquer coisa falha, lá pega ele na sua “mala de ferramentas” à procura de reparar aquele parafuso solto ou a engrenagem mal oleada.


São compreensíveis as dúvidas que assolam a mente de muitos homens. O temperamento das mulheres, tão distinto do dos homens, não significa que haja algo de errado nelas. Não é por vontade própria que elas se comportam dessa forma complexa. Na verdade, elas pouco podem fazer contra isso. Não raras vezes elas confessam não perceberem porque ficam mais nervosas ou fora de si.

Algumas dessas atitudes têm uma origem genética ou hormonal, outras são explicadas por uma educação distorcida, a maioria por fatores sociais e culturais. Sejam quais forem as causas, a mulher é e será muito diferente do homem. Sobre a sua personalidade uma aura de mistério irá sempre pairar.

A melhor forma de se relacionar harmoniosamente com uma mulher é simplesmente aceitá-la. Sobretudo ame-a, mesmo nos dias em que os nervos estão à flor da pele. Saber ouvir é chave para se relacionar com uma mulher. Ouça e ajude, mas não tente explicar. A mulher tem uma capacidade muito maior de se ajustar ao parceiro que o homem. Se ela se sentir amada irá fazê-lo tão naturalmente como respirar.

Flávia Regina Gobbi von Randow

Mahatma Gandhi - Deixando um segredo....

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

O POETINHA - VINÍCIUS DE MORAES

CARPE DIEM!!!!!!!!!!

Viva a vida

"Por muito tempo eu pensei que a minha
vida fosse se tornar uma vida de verdade.

Mas sempre havia um obstáculo no caminho,
algo a ser ultrapassado antes de começar a viver.
Um trabalho não terminado, uma conta a ser paga.
Aí sim, a vida de verdade começaria.

Por fim, cheguei a conclusão de que
esses obstáculos eram a minha vida de verdade.
Essa perspectiva tem me ajudado a ver que
não existe um caminho para a felicidade.
A felicidade é o caminho!

Assim, aproveite todos os momentos que você tem.
E aproveite-os mais se você tem alguém
especial para compartilhar,
especial o suficiente para passar seu tempo;
e lembre-se que o tempo não espera ninguém.

Portanto, pare de esperar até que você
termine a faculdade;
Até que você volte para a faculdade;
até que você perca 5 quilos;
até que você ganhe 5 quilos;
até que você tenha tido filhos;
até que seus filhos tenham saído de casa;
até que você se case; até que você se divorcie;

Até sexta à noite; até segunda de manhã;
até que você tenha comprado
um carro ou uma casa nova;
até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos;
até o próximo verão, outono, inverno;
até que você esteja aposentado;
até que a sua música toque;
não há hora melhor para ser feliz
do que AGORA MESMO...

Lembre-se: Felicidade é uma viagem,
não um destino"

domingo, 10 de agosto de 2008

Flickr

This is a test post from flickr, a fancy photo sharing thing.

ITAMBÉ DO MATO DENTRO - MG - ESCULPIDA PELA DELICADEZA DAS ÁGUAS!

A suavidade, a delicadeza, são o amor expresso nas pequenas coisas

A suavidade consegue esculpir

O Mosteiro na margem do Rio Piedra está cercado por uma linda vegetação, verdadeiro oásis nos campos estéreis daquela parte da Espanha.
Ali, o pequeno rio transforma-se numa caudalosa corrente, e se divide em dezenas de cachoeiras.
Quem caminha por aquele lugar escuta a música das águas e encontra, de repente, uma gruta, debaixo de uma das quedas d´água.
Observando cuidadosamente as pedras gastas pelo tempo, as formas que a natureza cria com paciência, vê-se escrito numa placa, os seguintes versos de Rabindranath Tagore:
Não foi o martelo que deixou perfeitas estas pedras, mas a água, com sua doçura, sua dança, e sua canção.
Onde a dureza só faz destruir, a suavidade consegue esculpir.
* * *
A lição do poeta é de extrema profundidade.
Somente com suavidade, paciência e calma, conseguimos esculpir o nosso íntimo, realizando a reforma de nossas almas com o objetivo de encontrar felicidade.
Somente com suavidade, paciência e calma, conseguimos esculpir o nosso mundo, realizando sua modificação para melhor.
O martelo que destrói está nas críticas cruéis, nas palavras grosseiras que saem de nossas bocas e ferem a auto-estima das pessoas à nossa volta.
Enquanto a doçura da água está nos conselhos edificantes, na atenção e paciência com que ouvimos a alguém, nas palavras de estímulo, no elogio animador.
O martelo destruidor está no acúmulo da culpa em nosso coração, na auto-exigência desequilibrada, na falta de amor próprio.
A docilidade da água está na compreensão de nossas dificuldades, no auto-perdão, e na disposição constante para corrigir os nossos erros.
Em nossos dias, na análise de nosso comportamento, de nossas ações, lembremos sempre da delicadeza da água moldando as rochas através dos tempos.
Procuremos conquistar a paciência e a tranqüilidade, certos de que são virtudes dinâmicas, que nos fazem seres pacíficos.
Que as palavras do poeta indiano nos sirvam de guia, de inspiração:
Não foi o martelo que deixou perfeitas estas pedras, mas a água, com sua doçura, sua dança, e sua canção.
Onde a dureza só faz destruir, a suavidade consegue esculpir.
* * *
A suavidade, a delicadeza, são o amor expresso nas pequenas coisas, nos gestos aparentemente simples, mas que revelam nossa preocupação com o próximo.

autor desconhecido

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

No topo do Mundo - Serra da Moeda - MG

Aceite-se para ser feliz


A melhor maneira de impressionar alguém é ser autêntico e espontâneo diante dele.
Cada um de nós é um ser em construção; essa é uma grande diferença entre nós e todos os outros seres vivos.
Todos temos defeitos e qualidades, e os nossos limites não podem fazer com que deixemos de nos amar e valorizar. É uma grande sabedoria saber aceitar a si mesmo; quem não se aceita é porque carrega um refinado e escondido orgulho.



Talvez você não tenha instrução, boa saúde, dinheiro ou capacidade intelectual como gostaria. Talvez você se ache feio ou feia, não goste de sua família ou do seu trabalho, e fique desejando outras coisas que estão fora da sua realidade, isso não o deixa ver o seu valor. Todos nós nascemos com a capacidade de vencer e de ser felizes.
Quem não se aceita acaba se tornando rancoroso contra si mesmo, contra os outros, contra a vida e até contra Deus... E isso o leva à revolta, à autopiedade, e à depressão.
Pare de sonhar, pegue o material que você tem e comece a construir a sua casa, do jeito que for possível. É melhor morar num casebre do que ficar ao relento sonhando com o castelo.


Ninguém é perfeito; por isso, todos precisam se aceitar. Não olhe mais para o que os outros têm ou sabem, olhe para o que Deus deu a você e seja muito grato.

Não estou dizendo para você negar os seus limites; isso seria perigoso, pois não os elimina. Olhe-os com coragem, de frente, sem exagerá-los nem diminuí-los, e mude o que for possível. O que não pode ser mudado, aceite e ofereça a Deus. Você não é menos amado por Ele por causa de seus limites.

A partir da aceitação, toda a sua pobreza pode começar a se transformar em uma imensa riqueza. Comece agora a ver as suas qualidades; você as tem. Ser humilde é reconhecer a verdade sobre si mesmo.

Aceite-se também diante dos outros, não se sinta pequeno ou invejoso porque o seu colega tira notas melhores do que você, ou porque ele se destaca e você não. Não deixe a inveja aninhar-se no seu coração; lance-a fora, é um veneno.

Seja o que você é diante dos outros; não finja ser outra pessoa, e não fique paralisado diante deles por um complexo de inferioridade. A melhor maneira de impressionar alguém é ser autêntico e espontâneo diante dele. A personalidade é para o homem o que o perfume é para a flor, o que a luz e calor são para o sol.


Uma engrenagem pequena não é menos importante do que uma grande num jogo de engrenagens. Um tijolinho que falte em uma construção deixa um buraco na casa. Cada um é importante neste mundo para Deus.

Não fique imitando a vida dos outros; você é rico porque é único no universo; não se esqueça disso. O Pai lhe deu uma vida sob medida, e única, irrepetível; viva-a e desenvolva-a.

Se você se aceitar, os outros o aceitarão também. Não queira parecer o que você não é. Não tenha medo ou vergonha de ser você mesmo; e seja honesto em dizer: Eu não entendi isto, eu não sei fazer aquilo, etc...
e você ajudará os outros.

Saiba de uma coisa: os homens têm necessidade de ver pessoas que reconhecem os seus limites, para que tenham coragem de reconhecer também os seus. É nobre saber dizer: Eu não compreendo isso!

Enfim, os outros precisam de você como você é, como Deus o fez. Você é um exemplar único na História da Humanidade.


Trecho extraído do livro "Para ser feliz"

Por:Felipe Aquino

quinta-feira, 7 de agosto de 2008

SERRA DA MOEDA - NO TOPO DO MUNDO - MINAS GERAIS - UAI!!!!!!!!!

Senhor! Eu sei que Tu me sondas..... SALMO 139

Senhor,
Eu sei que tu me sondas
Sei que também me conheces
Se me acento ou me levanto
Conheces meus pensamentos
Quer deitado ou quer andando
Sabes todos os meus passos
E antes que haja em mim palavras
Sei que tudo me conheces

Senhor eu sei que tu me sondas
Deus, tu me cercaste em volta
Tuas mãos em mim repousam
Tal ciência, é grandiosa
Não alcanço de tão alta
Se eu subo até o céu
Sei que ali também te encontro
Se no abismo está minha alma
Sei que aí também me amas

Senhor eu sei que tu me sondas......

Senhor eu sei que tu me amas ......

quarta-feira, 6 de agosto de 2008

TUDO QUE É BOM DURA O TEMPO CERTO PARA SER INESQUECÍVEL!

Crônica do Amor - Arnaldo Jabor

Crônica do Amor

Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de pretendentes batendo a porta.

O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção estelar.

Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano. Isso são só referenciais.

Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.

Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no
ódio vocês combinam. Então?

Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a
menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por que você ama
este cara?
Não pergunte pra mim; você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor.

É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura
por computador e seu fettucine ao pesto é imbatível.

Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa. Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim.

Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível.

Honestos existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!

Mas ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é! Pense nisso. Pedir é a maneira mais eficaz de merecer. É a contingência maior de quem precisa.

Arnaldo Jabor

domingo, 3 de agosto de 2008

Praia da Costa - ES - Maravilha!!!!!

Ame e dê Vexame - Roberto freire


“Numa sociedade autoritária como a nossa, sermos o que somos, deixarmos o nosso amor ser o que ele é , sem dúvida alguma é a coisa mais difícil de se realizar. Por outro lado é a mais emocionante também, porque, uma vez vencida a barreira neurótica de origem política, passamos a nadar a favor da correnteza da vida e do amor.”

“Estar só, sentir a ausência do que e de quem se ama, às vezes, para muita gente, foi o necessário caminho que leva da dependência e da mediocridade, à liberdade e a plenitude do amor.”

“Alugo meu tempo e vendo meus conhecimentos científicos para quem quiser. Porém minha vida , meu prazer de viver e meu amor, não estão para alugar e nem para vender.”

“Quero dizer que te amo só de amor. Sem idéias , palavras, pensamentos. Quero fazer que te amo só de amor. Com sentimentos , sentidos , emoções. Quero curtir que te amo só de amor. Olho no olho, cara a cara, corpo a corpo. Quero querer que te amo só de amor.

Não há limites para o prazer meu grande amor, mas virá sempre antes , não depois da excitação. Meu grande amor , o infinito é um recomeço. Não há limites para se viver um grande amor. Não há limites para o fim de um grande amor.”


sexta-feira, 1 de agosto de 2008

Sabendo que tudo começa simples e singelo - ikebana

Diante de Mim ! DE VERDADE..... WOW! PARA LER E PRATICAR TODO OS DIAS


Diante de mim;

Tendo eu mesmo como testemunha

E sob pena de perder o respeito

Por minha própria palavra

Eu me comprometo a buscar e defender

Qualidade de vida em tudo que faço...

Em todos os lugares onde eu esteja.

E me comprometo em estar presente

Aqui e agora a despeito do prazer

E da dor que este momento me traz.

Fazendo a parte que me cabe do melhor modo que eu sei;

Sem me queixar do mundo, nem culpar os outros por meus erros e fracassos,

Mas antes me aceitando imperfeito, limitado e humano.

E mesmo que tudo recomende o contrário,

Eu me comprometo a amar, a confiar e ter esperança...

Sem quaisquer limites ou condições.

E, embora eu só possa fazer pequeno,

Eu me comprometo a pensar grande e

A me preparar com disciplina e coragem

Para os ideais que ainda espero e vou alcançar

Sabendo que tudo começa simples e singelo.

De corpo, cabeça e coração, eu me comprometo a crescer muito

E sempre de todos os modos possíveis,

De todos os jeitos sonhados até que a vida

Considere-me apto para a morte.


desconheço a autoria